Introdução à Medicina - Faculdade de Medicina do Porto
Plano curricular

Introdução à Medicina I - Teoria da Medicina: disciplina semestral do 1º ano do curso de Mestrado Integrado em Medicina da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto. A carga horária, incluindo aulas teóricas e teórico-práticas é de 50 horas; 2 horas de aulas teóricas ou seminários e 2 horas e 30 minutos de aulas teórico-práticas, por semana.

História da Medicina - a Medicina como fonte inesgotável de património; a saúde e a doença no tempo; os grandes períodos da Medicina Portuguesa; História da Anatomia e da Cirurgia; a evolução dos instrumentos cirúrgicos.
Bioética - conceitos e definições base; a ética nos cuidados de saúde; a relação médico-doente e suas especificidades: os direitos e deveres de ambos os intervenientes; a responsabilidade médica: os seus limites e implicações; eutanásia e fim da vida; consentimento informado e questões éticas na investigação clínica: as comissões de ética; justiça distributiva e prioridades na saúde.
Metodologia de Investigação - medicina e ciência; o método clínico - prevenção, diagnóstico, tratamento e prognóstico; o método científico - perspectiva histórica e operacional no contexto da medicina; formulação de questões; pesquisa bibliográfica; desenho de estudos; medidas de frequência e associação; selecção de participantes; métodos e instrumentos para a recolha de dados; reprodutibilidade e validade de medidas; protocolos de investigação; erros aleatórios e sistemáticos; precisão e validade; interpretação e divulgação de resultados; avaliação de testes de diagnóstico; revisões sistemáticas e meta-análise.


Introdução à Medicina II - Informação em Saúde: disciplina semestral do 1º ano do curso de Mestrado Integrado em Medicina da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto. A carga horária, incluindo aulas teóricas e teórico-práticas é de 50 horas; 2 horas de aulas teóricas ou seminários e 2 horas e 30 minutos de aulas teórico-práticas, por semana.

Bioestatística - gestão e processamento de dados: codificação, entrada e preparação de dados; estatística descritiva: variáveis categóricas e contínuas, distribuição de frequências e medidas de sumário; apresentação de dados: tabelas e gráficos; princípios de inferência estatística: estimação de parâmetros, teorema do limite central, erro padrão da média, intervalos de confiança e testes de hipótese; comparação de médias: testes t e one-way ANOVA; testes não paramétricos: Mann-Whitney, Wilcoxon e Kruskal-Wallis; testes de Qui-quadrado; correlação e regressão linear simples.
Informática Médica - definições e conceitos básicos; sistemas de gestão de bases de dados: aquisição, armazenamento e utilização de dados; registos clínicos electrónicos; processamento de sinal e de imagem em Medicina; sistemas de codificação e classificação de dados; normalização da comunicação de dados; segurança em sistemas de informação clínica; sistemas de apoio à decisão clínica; telemedicina; avaliação, custos e benefícios dos sistemas de informação em medicina.


© 2005 SBIM / CI