Anatomia Clínica - Faculdade de Medicina do Porto
Considerações gerais Equipa docente Plano curricular Investigação Intranet
 
Considerações gerais

"The role of Clinical Anatomy is to teach anatomy to be used by physicians"

 

WebCT Vista

O ano lectivo de 2004/2005 constitui a 4ª edição do programa da disciplina de Anatomia Clínica no modelo de disciplina semestral do plano de estudos da licenciatura em Medicina da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP).

Tal como ocorreu nas edições anteriores, a Anatomia Clínica inclui toda a matéria anatómica, numa perspectiva de aplicação à prática clínica, dado que as matérias anatómicas já foram totalmente abordadas do ponto de vista sistemático nas disciplinas de Anatomia (no 1º ano) e de Neuroanatomia (no 1º semestre do 2º ano).

Contudo, como primeira abordagem, o programa da Anatomia Clínica, contempla o ensino/aprendizagem da imagiologia normal que continuará a ser desenvolvido num programa de colaboração pedagógica com o Serviço de Radiologia da FMUP/Hospital São João. A anatomia da imagem normal é parte formal do programa, os fundamentos são apresentados no início das actividades e encontra-se distribuída por todos os Capítulos do programa.

É nossa convicção que os temas abordados na disciplina de Anatomia Clínica contemplam matérias da maior importância para as disciplinas subsequentes do curso de Medicina. A "Anatomia Clínica" é hoje considerada a base da medicina clínica e deverá ser utilizada na compreensão do significado da anatomia funcional e do vivo, do significado do normal, das variações e das relações tridimensionais das estruturas do corpo humano. Acresce que a Anatomia Clínica apresenta uma abordagem muito específica dos temas anatómicos pois o seu âmbito é o da organização e selecção dos conhecimentos anatómicos em função da prática médica a que está aliada a imagiologia normal.

Os princípios e objectivos da disciplina de Anatomia Clínica, cuja orientação é reconhecida em trabalhos recentes, continuam a ser cumpridos com a prossecução de um programa e métodos de ensino/aprendizagem orientados no entendimento de que "the role of Clinical Anatomy is to teach anatomy to be used by physicians".

A finalidade da Disciplina de Anatomia Clínica consiste em promover a construção do pensamento crítico na área da Morfologia Humana. Este processo é desenvolvido através de estratégias conducentes à aquisição de conhecimentos anatómicos e das competências da sua aplicação, como fundamento científico da realização do exame físico do doente, da interpretação dos sintomas e das alterações morfológicas macroscópicas, bem como da compreensão e realização de técnicas "invasivas" de diagnóstico e terapêutica.

No que concerne os aspectos logísticos de funcionamento da disciplina de Anatomia Clínica é de referir a dificuldade de manter esta disciplina com o regime de frequência semestral, dada a elevada carga horária semanal dos docentes, o que tende a inviabilizar este esquema de funcionamento. Deverá ser proposta a alteração deste regime pois está a ser posta em causa a manutenção da equipa docente e a formação de docentes médicos mais jovens que assegurem a renovação da equipa docente. No decurso dos últimos anos têm sido desenvolvidos textos de apoio ao ensino/aprendizagem reconhecidos como sendo de grande utilidade pelos alunos que frequentaram a disciplina (Tavares & Silva, 1999). Os alunos têm ainda disponível, no Teatro Anatómico, uma colecção dos principais livros de texto aconselhados na disciplina (texto e atlas de anatomia imagiológica) e uma série de CD-ROM’s interactivos, designadamente para a aprendizagem da anatomia imagiológica (Tavares, Machado & Silva, 1998).

No ano lectivo de 2003/2004 foram colocados, na Intranet - "site" da Anatomia Clínica - os materiais e as indicações necessárias ao acompanhamento do programa de aprendizagem da Anatomia Clínica. No presente ano lectivo foi iniciada, no âmbito do programa e-learningUP2004-2005, a criação de uma plataforma de ensino - WebCT (http://webct.up.pt/webct/public/home.pl).

O e-learning é definido como "The use of new multimedia technologies and the Internet to improve the quality of learning by facilitating access to resources and services as well as remote exchanges and collaboration" (em http://elearningeuropa.info). Apoiando-se no programa e-learningUP2004-2005, a Disciplina de Anatomia Clínica pretende que a criação da plataforma de ensino seja um meio de disponibilizar os conteúdos pedagógicos "online", de apoiar as aulas presenciais teóricas e práticas, de fomentar a utilização de recursos electrónicos (Internet) no processo de ensino/aprendizagem e de incrementar a interacção entre docentes e discentes, sempre com o objectivo de melhorar a qualidade do ensino/aprendizagem. Por último, pretende-se que o desenvolvimento da plataforma de ensino para a Disciplina de Anatomia Clínica seja um meio para dinamizar a introdução das novas tecnologias da educação, desde a fase inicial do curso de Medicina.

No ano académico de 2003/2004 foram introduzidas modificações no formato das provas de avaliação, tendo sido incluídas questões de escolha múltipla na prova de avaliação dos conhecimentos teóricos em Anatomia Clínica. Este formato vai ser mantido no ano lectivo de 2004/2005, onde todas as questões de avaliação teórica terão o formato de questões de escolha múltipla, que serão aferidas de acordo com o grau de dificuldade e de discriminação, i.e. será efectuada a análise docimológica das provas de avaliação.

Tem sido ponto indiscutível a necessidade de avaliação do ensino ministrado, verificando o grau de aprovação dos alunos relativamente às sessões práticas e no final de cada Capítulo, bem como a apresentação em reuniões Nacionais e Internacionais destes resultados. Esta aquisição de informação é feita sempre numa perspectiva de investigação-acção (Tavares e col., 1999).

No que diz respeito aos resultados da aprendizagem obtidos pelos alunos de 1ª inscrição - "população normal" - é de salientar que, em 2003/2004 os resultados obtidos foram considerados bons embora as expectativas do corpo docente sejam no sentido de melhorar o número das aprovações e aumentar o valor médio das classificações obtidas nesta disciplina. Contudo, os resultados obtidos permitem assumir com tranquilidade o processo pedagógico da Anatomia Clínica.



Última actualização 17-02-2005
Visitas desde 17-02-2005:
Criação e desenvolvimento - SBIM

Faculdade de Medicina da Universidade do Porto